UMN

ARTIGO: Financiamento das IES na Perspectiva Empresarial: O Papel dos Bancos

IMG 8717
Pelo Economista Samuel Candundo (Ph.D.)
 
 
Resumo
Ao longo das discussões em torno da problemática do financiamento do ensino superior em Angola, começando pela conferência do Ministério do Ensino Superior (MES), à conferência organizada pela Reitoria da UMN, até aos Workshops das Unidades Orgânicas (UO’s) da UMN já realizadas, convergem as opiniões de que, à medida que a procura pelo ensino superior aumenta, reduzem-se os recursos financeiros, as infra-estruturas e os recursos humanos de suporte ao ensino superior. Igualmente, é consensual que a chave para vencer os desafios da formação dos angolanos, passa por maiores investimentos no ensino superior. Porém, a crise que afecta a economia angolana, que reduziu substancialmente as receitas públicas, desafia os actores das instituições de ensino superior (IES), a encontrar alternativas que possam minimizar o impacto negativo da redução das fontes tradicionais de financiamento. Nesta perspectiva qual é a saída para mitigar o impacto negativo dessa redução na potencialização do capital humano? A resposta, provavelmente, está na diversificação das fontes de financiamento das IES, em que se requere que os beneficiários do ensino superior desempenhem um papel preponderante, comparticipando com uma parcela no financiamento da sua formação, onde se requer que o sistema financeiro jogue um papel activo, concedendo empréstimos bancários estudantis, garantidos pelo Estado. Desta forma minimizam-se os problemas da falta de recursos financeiros para financiar despesas correntes, passando também a responsabilizar um pouco mais os beneficiários, que nem sempre valorizam o esforço do Estado neste sentido. A questão que se coloca é, será que o ambiente macroeconómico prevalecente favorece os bancos a desempenharem o papel de intermediação financeira, entre o Estado, o estudante e as IES’s? Efectivamente, no actual contexto, o Estado não poderá arcar sozinho com o custo da formação superior, há que diversificar as fontes de financiamento das IES’s no qual, temos fé, o sistema financeiro pode desempenhar um papel chave.
Palavras-chaves: Diversificação Fontes de Financiamento, Financiamento do Ensino Superior, Empréstimos Bancários Estudantis

Contactos

  • Telefone:  261 225 041

Newsletter

Início Úteis Notícias e Eventos ARTIGO: Financiamento das IES na Perspectiva Empresarial: O Papel dos Bancos