UMN

Primeiros Mestres das Faculdades de Direito e de Economia e Licenciados do ISPH em destaque na cerimónia de outorga de Diplomas 2019

IMG 1362 - Cópia

Orlando MAnuel José Fernandes da Mata (Ph.D.) Reitor da UMN

A Universidade Mandume ya Ndemufayo, assinalou mais um momento, que certamente ficará marcado na história da sua existência enquanto Instituição de Ensino Superior angolana. Assim considera o Reitor da Instituição, Prof. Doutor Orlando Manuel José Fernandes da Mata, por ocasião da cerimónia de outorga de Diplomas aos licenciados, mestres e pós-graduados em Agregação Pedagógica, que teve lugar nesta sexta-feira (24/05) no Pavilhão Multiusos da Nossa Senhora do Monte. Na ocasião apresentou alguns dos momentos que considerou serem marcantes na trajectória da Instituição nos últimos quatro anos. Começou por destacar em primeiro lugar, o facto de a UMN ter completado um quinquénio outorgando ininterruptamente Diplomas aos Estudantes de graduação licenciados nas Faculdades de Direito, Economia e Medicina, e nas Escolas Superiores Politécnica e Pedagógica do Namibe. Destacou em segundo lugar, o facto de serem outorgados diplomas aos primeiros licenciados do Instituto Superior Politécnico da Huíla, a Unidade Orgânica mais nova da UMN, e por fim porque “hoje jubilamos com a consagração dos primeiros mestres formados na UMN, no ano em que a Instituição completa dez anos desde a sua criação” disse o catedrático.

Para o Reitor da UMN, todos estes resultados são fruto de um árduo esforço e trabalho de equipa, uma característica da equipa ganhadora formada nos últimos quatro anos, e que tem conseguido somar muitos êxitos na prossecução das suas acções académicas, científicas e de extensão planificadas.

O mais alto Titular do Órgão Executivo de Gestão da UMN apelou para que estudantes graduados e pós-graduados formados na UMN, pautem por condutas de ética, civismo, para que cultivem os princípios da moral e dos bons hábitos, pois só assim saberão ser dignos representantes da Instituição que já é uma referência no país, ”de nada valerá o diploma que a partir de hoje passareis a ostentar, se não preservardes estes princípios e valores”, concluiu o académico.

A UMN outorgou no Lubango Diplomas à 338 recém licenciados, sendo 97 da Faculdade de Direito, 102 da Faculdade de Economia, 28 da Faculdade de Medicina e 111 do ISPH, aos primeiros 21 Mestres, sendo 7 formados em Direito Civil pela Faculdade de Direito da UMN e 14 pela Faculdade de Economia dos quais 5 Empreendedorismo e Desenvolvimento e 9 em Contabilidade e Fiscalidade.

Contactos

  • Telefone:  261 225 041

Newsletter

Início Úteis Notícias e Eventos Primeiros Mestres das Faculdades de Direito e de Economia e Licenciados do ISPH em destaque na cerimónia de outorga de Diplomas 2019