UMN

UMN Continua a Destacar-se no Processo de Formação de Quadros

 

DSC 7963

Reitor da UMN Prof. Doutor Orlando M.J.F. da Mata

Falando por ocasião da outorga de Diplomas aos estudantes licenciados na Universidade Mandume ya Ndemufayo (UMN) o Magnífico Reitor da Instituição Prof. Doutor Orlando Manuel José Fernandes da Mata fez do processo formativos na UMN desde o ano 2015, altura em que foram diplomados 317 licenciados. Em 2016, diplomamos 692 licenciados, em 2017, receberam os seus diplomas 455 licenciados e em 2018, receberam os seus Diplomas 582 licenciados.

O Reitor da UMN mostrou a sua satisfação pelo facto da Instituição que dirige se perfilar como uma das Instituições de Ensino Superior nacionais, que tem conseguido cumprir com as sua responsabilidades enquanto IES pública, conseguindo fornecer regularmente ao país, quadros qualificados, que têm dado provas da sua competência profissional nas respectivas áreas de formação, designadamente Ciências Sociais, Ciências da Natureza, Engenharia e Ciências Médicas e da Saúde.

“Esta cerimónia de Outorga de Diplomas que hoje temos a oportunidade de testemunhar, representa a renovação contínua do compromisso que a UMN tem para com uma Nação, que vê na valorização dos seus quadros, uma das estratégias para o que o país alcance o desenvolvimento” disse o mais alto titular do Órgão Executivo de Gestão da UMN”.

Apesar das elevadas dificuldades que o país tem vivido nos últimos anos, resultantes da conjuntura sócio económica, situação que afectou de forma particular os jovens, que depois de graduados vivem na expectativa de obterem um emprego, não posso deixar de chamar a atenção, a estes mesmos jovens e a todos os actores da sociedade angolana, para os esforços e sacrifícios que o Executivo Angolano tem desencadeado num contexto particularmente difícil, e que começam paulatinamente a dar os seus frutos, sobre-tudo no que a garantia de empregos aos jovens diz respeito.

O Académico aproveitou a ocasião para lanar um apelo aos jovens licenciados que hoje receberam os seus Diplomas alertado para o facto do país contar com a criatividade destes, “o Diploma que a partir de hoje passareis a ostentar, não deve representar apenas a conclusão de um curso superior de graduação, deve significar antes de tudo que possuis competências no saber fazer, e perfil para saber ser e saber estar. Saber fazer significa que deveis demonstrar habilidades profissionais dentro da vossa área de formação, em qualquer lugar onde feres chamados a exercer a vossa profissão. Por outo lado deveis ser empreendedores, deveis procurar usar as ferramentas de que dispões para o auto emprego, essas são outras formas de materializarem as vossas aspirações profissionais” disse o Reitor da UMN.

DAVID ANJOS/ FOTO GCII-GOV-HUÍLA

 

Contactos

  • Telefone:  261 225 041

Newsletter

Início Úteis Notícias e Eventos UMN Continua a Destacar-se no Processo de Formação de Quadros