UMN

Estudantes do ISCED da Universidade Katyavala Buila Trocam Experiências na UMN

ESTUDANTES KATYAVALA

Um grupo de estudantes do Instituto Superior de Ciências da Educação da Universidade Katyavala Buila (UKB) com sede em Benguela, visitou a Reitoria e algumas Unidades Orgânicas da Universidade Mandume Ya Ndemufayo da cidade do Lubango. A visita enquadrou-se nos festejos dos quarenta anos de independência nacional, responder as espectativas do governo com relação ao Plano Nacional Visita Angola. Estabelecer uma interação entre as Associações de Estudantes do ISCED – Huíla e do Instituto Superior Politécnico Independente e outras associações foi principal objectivo da excursão a cidade do conhecimento. Dentre as actividades desenvolvidas destaque para a realização de um debate com o tema O Perfil dos Estudantes Universitários.

Os estudantes do ISCED da UKB foram informados sobre a organização e funcionamento da UMN e visitaram as Faculdades de Economia, Direito e Medicina.

UMN e Frente Sul Alian-se aos Festejos do Aniversário do Presidente da República

Dra. Fátima 3

A Estratégia Política e o papel de José Eduardo dos Santos na Resolução de Conflitos na Região dos Grandes Lagos foi o tema de uma palestra ministrada aos oficiais, sargentos e praças da Quinta Região Militar e que se enquadrou nos festejos do septuagésimo terceiro aniversário do Presidente da República . Foi preletora a Professora Doutora Maria de Fátima Directora Para a Cooperação e Intercâmbio Internacional da Reitoria da Universidade Mandume Ya Ndemufayo e especialista em relações internacionais, que destacou durante a sua elocução o contexto histórico da evolução do conflito na região dos Grandes Lagos e o papel desempenhado por Angola para a pacificação da região, com particular destaque para a República Democrática do Congo. Maria de Fátima fez ainda referência a experiência que Angola adquiriu do seu longo conflito e os ensinamentos que tem passado para os países vizinhos sobre a forma como reestruturou as suas forças armadas no período que se seguiu ao conflito armado.

A prelectora destacou as acções desencadeadas por Angola no campo diplomático sob orientação do Presidente da República José Eduardo dos Santos que culminaram com o estabelecimento de relações privilegiadas no plano bilateral com outros estados vizinhos e de outras organizações como a Comissão dos Grandes Lagos e a Comissão do Golfo da Guiné, como importantes fóruns de estabilização política das respectivas regiões. Outro aspecto destacado pela palestrante foi o papel preponderante de Angola para o alcance da paz e independência do Sudão do Sul, enquanto presidente em exercício do Conselho de Segurança da União Africana, acompanhando também de perto a situação na República Centro Africana e descreveu o Presidente da República José Eduardo dos Santos como uma personalidade de cunho pacificador, um estadista e um diplomata que contribuiu para a estabilização da RDC e para a solução política do conflito na região dos Grandes Lagos e que tem desempenhado com talento o seu papel na âmbito das Nações Unidas, da União Africana, da SADC, da CEAC, da CGC, dos PALOP e outras organizações.

Concluiu dizendo que os feitos Presidente da República José Eduardo dos Santos não são mensuráveis e que a sua dimensão se reflete nos ganhos da estabilidade política, na segurança e na construção de uma paz efectiva e duradoira na região.

Contactos

  • Telefone:  261 225 041

Newsletter

Início Úteis Notícias e Eventos