UMN

Estudantes Universitários em excursão à Província da Huíla visitaram a UMN

 

IMG 2432

“Conhecer Angola Promovendo o Turismo e a Interacção Académica” é o lema da excursão que estudantes de diversas Instituições de Ensino Superior realizou à província da Huíla nesta segunda-feira (22/07).

Durante a sua estadia no Lubango, os estudantes visitaram a Universidade Mandume ya Ndemufayo (UMN), tendo mantido um encontro com a Direcção da Instituição. Promover um maior Intercâmbio entre os estudantes das IES do país, é o objectivo central da excursão, segundo fez saber o seu coordenador Garrido Mendes.

Recebeu o grupo de estudantes excursionistas o Vice – Reitor da UMN para a Administração e Gestão Sebastião António, em representação do Reitor da UMN, Orlando Manuel José Fernandes da Mata, na os excursionistas receberam informações sobre o perfil institucional da Universidade Mandume ya Ndemufayo, com realce para o contexto da sua criação, Unidades Orgânicas que a conformam, evolução de cursos e do número de estudantes, docentes e quadros administrativos. Na ocasião o Vice-reitor da UMN para a Extensão e Cooperação, Pedro Rogério de Freitas Rey, apresentou informações sobre os projectos de extensão que a UMN desenvolve, bem como dos protocolos de cooperação que mantém com congéneres estrangeiras.

A comitiva de excursionistas é composta por estudantes da Universidade Católica de Angola (UCAN), Universidade Agostinho Neto (UAN), Universidade Técnica de Angola (UTANGA), Instituto Superior Politécnico Católico do Huambo (ISPCH) e da Universidade Metropolitana de Angola.

Lídia Raimundo/David anjos Caunda – GICD/UMN

 

Embaixador Alemão quer aumentar o número de estudantes angolanos nas Universidades da Alemanha

 

IMG 2302

Dirk Lolke Embaixador da Alemanha em Angola

A necessidade de se aumentar o número de estudantes angolanos nas universidades alemãs esteve na essência da visita que o embaixador da República Federativa da Alemanha Dirk Lölke efectuou a Universidade Mandume ya Ndemufayo, e dos encontros que o mesmo manteve com os membros da Direcção da UMN e com os estudantes das Instituições de Ensino Superior da Cidade do Lubango.

Segundo fez saber o diplomata alemão, o Instituto de Estatística da Alemanha regista a existência de apenas 90 estudantes angolanos nas Universidades Alemãs, que na sua maioria frequentam cursos de engenharia, energia tecnológica e economia, facto que o mesmo considera preocupante tendo em conta o grande intercâmbio académico que existiu no passado entre Angola e a ex-RDA e que permitiu a formação de muitos quadros angolanos. O embaixador alemão considera que os governos de Angola e da Alemanha devem trabalhar para atrair mais atenção dos estudantes angolanos, esperando que os dois governos possam negociar brevemente um acordo de bolsas de estudo. Dirk Lölke fez saber ainda que as intensões de cooperação do governo alemão no ensino em Angola passam também pela implementação de cursos de língua alemã.

Para já o governo alemão terá disponíveis 30 bolsas de estudos para estudantes angolanos, para as áreas de geologia e minas.

O Embaixador da República Federativa da Alemanha, visitou ainda as instalações da Faculdade de Medicina da UMN, Dirk Lolke termina a sua visita a cidade do Lubango nesta quinta-feira (18/07).

David Anjos Caunda

 

Contactos

  • Telefone:  261 225 041

Newsletter

Início Úteis Notícias e Eventos