UMN

O Turismo pode contribuir para a diversificação da economia e para o aumento do PIB do País

IMG 2559 - Cópia

Governador Provincial da Huíla -Luís Manuel da Fonseca Nunes

A opinião é partilhada pelos participantes à Conferência da Faculdade de Economia da Universidade Mandume ya Ndemufayo sobre “O Turismo como Factor Impulsionador no Desenvolvimento Económico e Social”. Falando na abertura de evento que teve lugar no Auditório do Edifício Mandume nesta sexta-feira (16/08) o Governador Provincial da Huíla, Luís Manuel da Fonseca Nunes considerou que o elevado e forte potencial turístico que a província detém, torna imperioso que de forma científica se discutam temas em volta do turismo, para que de forma muito aberta e acalorada se possam olhar para os mecanismos de transformação desse potencial em fonte de riqueza e consequentemente como forma de aquisição de maiores receitas que contribuam efectivamente no aumento do PIB, com vista a diversificação da economia que se pretende para o país.

Reitor Economia 2019

Reitor da UMN - Prof. Doutor Orlando da Mata

O Reitor da UMN Orlando Manuel José Fernandes da Mata disse na ocasião que o potencial turístico de Angola em geral e da Província da Huíla em particular deve ser melhor explorado, para que o turismo seja de facto uma mais-valia para a economia do país, demostrando que este sector pode ser decisivo nos planos governamentais de diversificar a economia nacional, identificando outras áreas capazes de gerar receitas que permitam diminuir a excessiva dependência dos recursos provenientes da exportação do petróleo. Para o Reitor da UMN, a Conferência representa o ponto de partida para que se possa começar a identificar as directrizes que levarão às acções concretas a adoptar para tornar a atividade turística numa das mais importantes no setor económico no país, gerando emprego e renda e proporcionando a criação de novos negócios, aumento da produção de bens e serviços, e consequentemente o desenvolvimento das localidades.

O Decano da Faculdade de Economia da UMN, César Fernando Reis, destacou a Conferência como uma oportunidade de reflexão colectiva e aberta, com vista a identificação dos principais desafios do sector turístico em Angola, tendo em conta o crescimento, inovação e diversificação, sendo que o objectivo da mesma é de oferecer um espaço de análise e avaliação do impacto do turismo e das suas variantes no desenvolvimento económico e social de Angola, olhando para as oportunidades de turismo oferecidas pela província da Huíla, ao mesmo tempo valorizar estas riquezas para as gerações futuras com a implantação de uma possível educação ambiental, integrando o desenvolvimento rural, como também a sustentabilidade das comunidades na preservação da identidade local.

IMG 2556 - Cópia

A Conferência da Faculdade de Direito da UMN sobre o “Turismo como Factor Impulsionador no Desenvolvimento Económico e Social” foi organizada no âmbito do dia da Economia, Indústria e Comércio do programa da Vigésima Sétima Edição da EXPO Huíla.

David Anjos Caunda/René Tete

Candidatos às 300 bolsas devem aproveitar a oportunidade de se formarem nas melhores Universidades do mundo.

 

IMG 2467

Ao apresentar o Programa de Envio Anual de 300 Licenciados e Metres Angolanos com Elevado Desempenho e Mérito Académico para as melhores Universidades do Mundo, aos candidatos da UMN e de outras Instituições de Ensino Superior da Sexta Região Académica, o reitor da UMN, Orlando Manuel José Fernandes da Mata, exortou-os a aderirem a iniciativa do Governo Angolano, pois esta representa uma oportunidade de adquirirem uma formação mais sólida, entretanto devido aos curtos prazos, o mais alto Titular do Órgãos Executivo de Gestão da UMN apelou para uma reacção mais rápida nas fases do processo.

Os candidatos apresentaram as suas dúvidas tendo louvado a iniciativa do Governo Angolano, que visa dotar os quadros Angolanos de uma formação de qualidade que lhes confira competências para melhor servirem o país.

A fase de candidaturas decorre até ao dia 15 de Agosto por meio do portal www.inagbeonline.com os candidatos habilitam-se à bolsas de espacialização, mestrado ou doutoramento em universidades dos rankings da Times Higher Education Rankings, QS World University Rankings e ARWU-Shangai Ranking, localizadas em países como África do Sul, Argentina, Austrália, Alemanha, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, China, Coreia do Sul, Dinamarca, Espanha, EUA, França, Holanda, Itália, Japão, Noruega, Polónia, Portugal, Reino Unido, Roménia, Rússia, Singapura, Suíça e Ucrânia.

 

Contactos

  • Telefone:  261 225 041

Newsletter

Início Úteis Notícias e Eventos