UMN

Magnífico Reitor da UMN Defende Necessidade de Formação de Mais Quadros Superiores e Técnicos Profissionais no País

1 REITOR HUÍLA INVESTE

O Magnífico Reitor da Universidade Mandume Ya Ndemufayo falou sobre “O Ensino Superior e Técnico-Profissional na Província da Huíla”. A prelecção do Professor Doutor Orlando Manuel José Fernandes da Mata enquadrou-se no Segundo Painel do Fórum Investe Huíla 2015, que a cidade do Lubango acolheu no dia 16 de Outubro do corrente ano.

O Magnífico Reitor da UMN começou por saudar a iniciativa da realização do fórum, que se enquadra nas comemorações dos 40 anos da Independência Nacional e nas acções definidas pelo executivo angolano para se materializarem os propósitos de diversificar a economia. Destacou ainda o grande crescimento que o país alcançou em termos de construção e reconstrução de infraestruturas, fruto do alcance da paz efectiva a treze anos, apontando nesse sentido, a construção de estradas, pontes, barragens, caminhos de ferro, linhas de transportação de energia e a desminagem de campos agrícolas, considerando que o país possui de facto condições para levar a cabo a diversificação da economia.

1- REITOR HUÍLA INVESTE 2

«Para que possamos levar a cabo essa missão (de diversificar a economia) é necessário que tenhamos quadros devidamente qualificados, temos a nível nacional um Plano Nacional de Formação de Quadros, temos no país várias instituições de Ensino Superior. Em 2012 quando Angola alcançou a paz existiam cerca de 13 mil a 20 mil estudantes no Ensino Superior, hoje estamos com mais de 200 mil estudantes» disse o Magnífico Reitor da UMN.

Sobre a tradição académica da Província da Huíla, o Professor Orlando Manuel José Fernandes da Mata, mostrou-se agradado com o facto de ter verificado a manutenção desta realidade e ainda da tendência de crescimento e melhoria dos serviços que as Instituições do Ensino Superior oferecem a juventude, que considera ser o principal alvo e objecto do trabalho das Instituições do Ensino Superior.

3 - REITOR HUÍLA INVESTE 3

Na sua apresentação, o Magnífico Reitor da UMN, fez uma abordagem sucinta das Instituições de Ensino Superior e da Investigação Científica adaptada a província da Huíla, em áreas onde o sector privado pode fazer investimentos, com realce para o sector da mineração.

Reitor da UMN inaugura Segunda Edição da Feira da Boa Vontade

1- REITOR BOA VONTADEO Magnífico Reitor da Universidade Mandume Ya Ndemufayo o Professor Doutor Orlando Manuel José Fernandes da Mata procedeu neste Domingo, 11 de Outubro a abertura da Segunda Edição da Feira da Boa Vontade, organizada pelos estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade Mandume Ya Ndemufayo, uma actividade enquadrada nos festejos dos 40 anos da independência Nacional e na antecâmara das VII Jornadas Estudantis da Faculdade de Medicina da UMN que se realizam nos dias 22 e 23 de Outubro do corrente ano.

O Magnífico Reitor da UMN enquadrou a actividade dentro dos pilares básicos que regem a actividade da universidade designadamente o ensino, a investigação e a extensão universitária e considerou que, com a realização da Segunda Edição da Feira da Boa vontade, os jovens estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade Mandume Ya Ndemufayo, “estão a interagir com a sociedade, pois põem em prática o que aprendem nas suas aulas o que constitui uma mais-valia para a própria Faculdade de Medicina”, frisou.

O Professor Doutor Orlando Manuel José Fernandes da Mata espera que os futuros médicos formados na Faculdade de Medicina da UMN, possam contribuir para a melhoria da qualidade de vida das populações e consigam afirmar-se na comunidade nacional e internacional como investigadores, ou seja, jovens que apostam na investigação científica para resolverem problemas que têm a ver com a saúde da população.

Salientou ainda que a Feira da Boa Vontade tem um grande impacto pois, “ existe uma interação entre os estudantes, principalmente os finalistas, e a população ou a sociedade e aqui cria-se uma simbiose entre estes dois grupos, o que incentiva os nossos estudantes e dá uma confiança na população pois, estamos a formar e a formar bem” concluiu.

1- Dra Ana Boa Vontade 1

Por seu lado a decana da Faculdade de Medicina da UMN a Doutora Ana da Silva Gerardo, considerou que o grande propósito da realização do evento prende-se com o cumprimento do macro plano de acção que é o objecto de existência de uma instituição universitária como é o caso da Faculdade de Medicina, que prima pela educação médica - formação académica, a investigação científica e a extensão universitária. A decana disse “tratar-se pois de uma actividade virada para a promoção da saúde, prevenção de doenças e também a acção curativa, com a realização de palestras informativas e de sensibilização sobre problemas e preocupações de saúde que se prendem com algumas doenças, visando levar ao conhecimento da população informações e adquirir, ao mesmo tempo, a noção do conhecimento que a população tem sobre os principais problemas de saúde e que mecanismos a população deve adoptar para prevenir estas doenças”. A Doutora ana da silva Gerardo espera que a actividade contribua para a melhoria da qualidade de vida da população da cidade do Lubango.

1 - kamasandra boa vontade

Kamasandra Matondo Coordenadora da Feira da Boa Vontade, disse que a mesma constitui uma grande oportunidade para que as pessoas possam saber mais sobre a sua própria saúde, e se incorporarem mais em actividades que possam proporcionar conhecimentos a própria comunidade "é uma forma de ensinar as pessoas de como cuidar da sua própria saúde e por outro lado, estimular a solidariedade e a responsabilidade social de cada cidadão” enfatizou.

Kamasandra Matondo disse ainda que a ideia para a realização da Feira da Boa Vontade partiu da constatação da necessidade de se mobilizar as pessoas sobre os cuidados a terem com a própria saúde e da necessidade de se reflectir sobre, de que forma cada um pode contribuir para o desenvolvimento da comunidade.

A Primeira Edição da Feira da Boa Vontade aconteceu no dia 31 de Maio, enquadrada nos festejos da cidade do Lubango e nesta segunda Edição participaram além dos estudantes de medicina, professores médicos da Faculdade de Medicina e outros médicos de hospitais da região, que realizaram durante a feira, de forma gratuita, consultas de dermatologia, pediatria, medicina interna e urologia.

Contactos

  • Telefone:  261 225 041

Newsletter

Início Úteis Notícias e Eventos